VELÃO XANGÔ (JUSTIÇA)

REF: 01800100036

EM STOCK

Objetivo: Estudos, justiça, advogados, tribunais, papéis.

 

História: Xangô é o orixá da justiça e da sabedoria. É sincretizado com São Jerônimo, São Pedro, São João Batista, São Marcos de Leon, representa a justiça e tem as pedreiras como símbolo natural. Possui um machado de duas faces que simboliza tanto a proteção quanto a punição a seus filhos quando cometem injustiças. Outro símbolo é a estrela de 6 pontas que é em si o poder equilibrador do universo.

Quando Deus criou os Estados exteriores da criação, o primeiro foi o vazio (Exu), o segundo estado foi o espaço em si mesmo (Oxalá) e o terceiro Estado da criação exterior foi o equilíbrio de tudo e de todos (Xangô). Como em Olorum, não se pode dizer quem foi o primeiro a ser exteriorizado, os umbandistas preferem amá-los e ponto final.

Tudo trata-se de ângulos de visões religiosas, pois o poder de Olorum que equilibra todo o universo que faz par com o estado purificador (Kali-yê), é chamado de Xangô na religião umbandista, ou seja, na Umbanda não se adora como um deus com características humanas, mas sim como o poder equilibrador de Olorum manifestado em seu exterior.

O Orixá que encarnou Rei, é o mais popular dos Yorubas. Representa o poder e como tal as decisões, a lei, a justiça, a riqueza. É viril, é a representação da masculinidade. Quem o invoca e lhe faz um pedido, se é autêntico consegue-o, mas se não é, Xangô faz a sua justiça e acontece o contrário.

Contém instruções e orações.

€9.75

VOLTAR